Qual a origem do Novembro azul?

Qual a origem do Novembro azul?

Se o Outubro Rosa é voltado para conscientizar sobre o Câncer de Mama, o Novembro Azul tem como objetivo passar as informações necessárias para o combate e prevenção do Câncer de Próstata, afinal, os homens também precisam se cuidar!

O Câncer de Próstata é considerado o segundo câncer mais comum, atrás apenas do câncer de pele do tipo não melanona, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Em 2018, a estimativa foi de mais de 68 mil novos casos da doença. O índice de mortalidade masculina pela doença está de 1/36 homens. Porém, sendo detectado precocemente, o tratamento é menos invasivo e oferece mais chances de cura.

Contudo, pelo diagnóstico envolver o toque retal, ainda é um assunto polêmico na sociedade. Por isso, a campanha do Novembro Azul veio para justamente quebrar esses tabus e conscientizar a população masculina que os cuidados com a saúde devem ser colocados acima de qualquer barreira.

COMO SURGIU O NOVEMBRO AZUL?

Surgiu em 2003 em Melbourne, na Austrália, a partir da iniciativa de dois amigos: Travis Garone e Luke Slattery, que estava se divertindo em um pub e cogitaram se ficariam de bigode ou não, porque estava fora de moda na época.

Então, inspirados pela campanha do câncer de mama realizado pela mãe de um colega, que levantava fundos para o combate da causa. Eles tiveram a ideia de associar o bigode com a conscientização sobre a saúde masculina.

Eles escolheram o mês de novembro para deixar o bigode crescer. Já que no dia 17 se comemorava o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata. Naquele ano, cerca de 30 amigos aderiram a causa e como muitas pessoas começaram a se interessar pelo assunto, a campanha foi se espalhando.

No ano seguinte, acabou surgindo a MOVEMBER FOUNDATION – o nome veio das junções das palavras “moustache” que significa bigode e “november” que traduzindo, significa novembro. Essa organização sem fins lucrativos, visava à arrecadação de fundos para o combate ao câncer de próstata. Criou-se também uma plataforma online para receber doações, na qual os homens podiam compartilhar fotos da evolução de seus bigodes durante o mês.

Com o passar dos anos, a campanha ganhou força e se espalhou por mais de 20 países. Desse modo, tornou-se conhecida também como NO-SHAVE NOVEMBER, algo como “NOVEMBRO SEM BARBEAR”.

+ Siga-nos no Instagram!

As mulheres para incentivarem a conscientização masculina, são incentivadas a participar da campanha usando bigodes falsos. Além de roupas na cor azul, simbolizando a luta contra o câncer de próstata. Desse modo, o Novembro Azul tornou-se conhecido.

Só em 2008 que o movimento chegou aqui no Brasil, trazido pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida em conjunto com a Sociedade Brasileira de Urologia. Já pensando nos possíveis tabus, a primeira campanha teve como lema “Um Toque, Um Drible”, de modo a conscientizar, derrubar o preconceito e incentivar os homens a se consultar e a fazer o exame, se necessário. Nos dias atuais, diversas divulgações como palestras, publicidades e afins acontecem nesta data no Brasil. Atualmente os exames propostos são o de toque (exame físico) e o de sangue (PSA) que detecta alterações do antígeno prostático específico que podem ser indicativas dessa neoplasia.

Da mesma forma que o Outubro Rosa, muitas cidades iluminam monumentos e prédios, por exemplo, com a cor azul para chamar a atenção da sociedade perante a campanha. Dessa forma, a Fismatek também apoia essa causa! Previna-se!


Quer saber mais? Fale com um de nossos consultores Fismatek clicando aqui.

Évelin Ribeiro

Évelin Ribeiro

• Esteticista e Fisioterapeuta Responsável Técnica da Fismatek • Especialista em Eletroterapia e Terapia Intensiva • Mestre em Terapia Intensiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.