Quais ativos são mais indicados para o tratamento de gordura e flacidez através da Axcel® Criofrequência

Quais ativos são mais indicados para o tratamento de gordura e flacidez através da Axcel® Criofrequência

Você sabia que nem todas as formulações cosméticas são indicadas para a utilização no seu protocolo com equipamentos que promovam aquecimento tissular? Eu sou Mayte Peres, biomédica esteta e faço parte do Centro Científico de Pesquisa da Fismatek. Venho hoje ajudá-los a elucidar essa questão importante da montagem de um protocolo a fim de que conquistemos os benefícios da associação de terapias manuais e utilização de dermocosméticos na nossa rotina com a Axcel Criofrequência.

Figura 01 – Ilustração de formulações cosméticas

A princípio, quando falamos sobre o mecanismo de ação de um equipamento de criofrequência vamos de encontro a sinergia do resfriamento de -10°C para proteção da camada mais superficial da pele. Desse modo, com o aquecimento profundo que chega em aproximadamente 60°C em tecido subcutâneo. Juntos são capazes de promover milhões de choques térmicos para estímulo de neocolagênese, além da lipólise da célula de gordura.

Para que tudo isso ocorra de forma confortável, com a Axcel Criofrequência, os parâmetros serão selecionados de acordo com a sensibilidade da(o) sua(seu) cliente. Portanto, princípios ativos e formulações cosméticas que estimulam a vasodilatação e consequentemente promovem aumento da temperatura das camadas mais superficiais da pele podem ocasionar o aumento da sensibilidade local. Ou seja, o que irá resultar em uma alteração na percepção do seu paciente a sinergia das temperaturas de resfriamento e aquecimento causadas pela emissão de criofrequência.

Siga-nos no Instagram!

Nesse sentido, investir em produtos com princípios ativos de pimenta negra ou nicotinato de metila, por exemplo, para a realização da prática com esse tipo de tecnologia além de não ser vantajoso pode resultar em intercorrências. Uma vez que quando alterada a sensibilidade do seu paciente você não conseguirá determinar o parâmetro correto.

Em contrapartida, esse tipo de princípio ativo pode ser utilizado, portanto, após a aplicação de criofrequência, sendo muito bem vindo em forma de cremes, séruns ou sprays para finalização de um tratamento unido à massagem modeladora ou drenagem linfática, por exemplo. lembrando também, dessa forma, que a vasodilatação é extremamente importante para a permeação desses ativos, tendo em vista que essa hiperemia local aumentará a permeabilidade local favorecendo muito os resultados dos seus tratamentos.

Segue então, alguns exemplos de princípios ativos que são liberados para tratamento com Axcel Criofrequência:
DMAEProporciona elasticidade, firmeza e tonicidade à pele.
RaffermineAumenta a elasticidade do tecido, prevenindo ou corrigindo as rugas, estrias e a flacidez.  
NutripeptídeosEstimulam os fibroblastos, ativando assim a síntese das fibras de colágeno, consequentemente melhorando a flacidez tissular.  
Algas   MarinhasRica em oligoelementos, acelera os processos   bioquímicos, auxilia a drenagem e regeneração celular.
Castanha da ÍndiaAtiva a circulação sanguínea e favorece o retorno venoso. Ação adstringente, clareadora   da   pele, antinflamatória, descongestionante e tonificante, além de ser um ativo eficaz na redução de medidas e coadjuvante no tratamento da celulite
CavalinhaRico em silício orgânico, promove ação anti-radical livre e ação firmadora através do silício, elemento estrutural da formação da rede de colágeno na derme. Atua diretamente no aumento do fluxo de nutrientes e do metabolismo, favorecendo a lipólise e a redução de medidas.

O que destaca um bom profissional é o conhecimento que é construído através de treinamentos, workshops, vídeo aulas, especializações, prática clínica e, também, através de textos como esse. A Fismatek está com você nessa jornada para te ajudar a se tornar uma/um profissional ESTRELA.


Quer saber mais? Fale com um de nossos consultores Fismatek clicando aqui.


Leia mais: Diferenças entre as ponteiras da Axcel Criofrequência

Dra. Mayte Peres

Dra. Mayte Peres

• Tecnóloga em Estética e Cosmetologia – Centro Universitário SENAC • Biomédica pós graduada em Estética – FMU/IPESSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.