Protetor solar – Você sabe usar corretamente?

Protetor solar – Você sabe usar corretamente?

Sabemos que a fotoproteção é imprescindível para o sucesso de um tratamento contra manchas e melasma, mas também é indispensável por uma questão de saúde. O sol é responsável por 80% do envelhecimento da pele, e seu dano acontece gradualmente. O uso regular e correto do protetor solar é o que confere proteção contra o câncer de pele, mas para essa proteção ser eficaz, devemos nos atentar a quantidade correta:

Protetor solar

Se a aplicação do protetor solar for somente no rosto, o ideal é que aplique-se duas camadas, ou uma camada de filtro solar tradicional e a segunda de filtro solar com cor. Se o seu tubo de 50 gramas está durando mais de um mês, possivelmente você está usando uma quantidade inferior á recomendada. Também é preciso reaplicar o filtro pelo menos uma vez ao dia, enquanto a radiação UVA ainda estiver alta.

Existem filtros físicos, químicos ou híbridos (físico + químico), e é importante verificar o PPD (proteção contra radiação UVA, responsável pelo envelhecimento) do seu produto, sendo a partir de 10. Além disso, deve representar, no mínimo, um terço do FPS (proteção contra radiação UVB, responsável pelas queimaduras) indicado no rótulo. Por exemplo: FPS 60, PPD 20.

Existem diferentes apresentações de filtros solares: líquidos, em pó, em spray e em bastão. Leia sempre o rótulo, o fabricante indica a quantidade correta para aplicar, de acordo com o veículo escolhido.


Quer alugar o seu equipamento agora? Fale comigo clicando aqui.

Leia mais: Protetor físico e químico – Qual a diferença?

escrito por Carolina Mollo
• Consultora Técnica

Fismatek

Fismatek

Time de Redação do Grupo Fismatek.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.