ABRIL VERDE – A IMPORTÂNCIA DA SEGURANÇA NO TRABALHO (ESTÉTICA)

ABRIL VERDE – A IMPORTÂNCIA DA SEGURANÇA NO TRABALHO (ESTÉTICA)

O mês de Abril se destaca pelo Movimento do “Abril Verde”, no intuito da conscientização sobre a segurança e saúde no trabalho. Com o principal tema: “trabalhar sim, adoecer não”, a Secretaria da Saúde chama atenção para a campanha, que tem como objetivo sensibilizar e orientar a população para que este movimento permaneça em vigor o ano todo!

O mês de abril foi escolhido para esta campanha, por obter duas datas relevantes, o dia 7 de abril que é o Dia Mundial da Saúde, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como também, o Dia 28 de abril, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória das vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. No Brasil, a Lei nº 11.121/2055 institui o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. 

Além de ainda estarmos enfrentando o Coronavírus e suas variantes, existem outras doenças e fatores que podem prejudicar os profissionais do mercado. Por existirem inúmeras profissões, hoje vamos destacar a estética. 

Na correria da rotina diária de atendimentos sequenciais, por vezes, os profissionais da Estética esquecem de obter certos cuidados entre um atendimento e outro, que são essenciais. Higienizar, ou mesmo, levar para autoclave alguns materiais para serem esterilizados devidamente, não só garante a não transmissão da Covid-19, como também de outras doenças, como: Hepatites, entre demais doenças transmissíveis. 

Usar luvas, máscaras (N-95 está sendo bastante recomendada por conta da nova variante Omicron da Covid-19), aventais descartáveis e óculos de proteção, são ainda os principais EPI’s (Equipamentos de Proteções Individuais) que os profissionais DEVEM utilizar em seus atendimentos. 

Na Estética se utiliza o tempo todo movimentações repetidas com as mãos e braços, principalmente, que com o tempo de profissão, contribuem para ocasionar a LER (Lesões por Esforços Repetitivos) ou o DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Ou seja, doenças como: Tendinite, bursite, entre outras. E essas doenças, dependendo do grau que acomete o profissional, este poderá ficar dias ou um tempo mais prolongado sem atuar no seu trabalho. Dessa forma, é orientado, sendo o ideal, exercer alongamentos, principalmente, dos braços, mãos, dedos e lombar a cada cliente, assim como todo o corpo, porém, nestas regiões anteriormente citadas, temos que dar uma maior atenção devido movimentos repetitivos e postura nos atendimentos. A prática de atividade física para os profissionais, também é de extrema importância para além de boa forma física, a saúde estar ainda mais fortalecida e preparada para a rotina diária de trabalho. 

Não reutilizar produtos cortantes, seringas, agulhas e afins, também devem ser rigorosamente eliminados a cada atendimento no descarpack (caixa apropriada e sinalizada para esse tipo de material para descarte mais seguro tanto para os profissionais atuantes na estética, quantos os profissionais da limpeza do consultório/clínica, quanto os funcionários de limpeza sanitária pública). 

Exames no mínimo anuais de Check Up dos profissionais, garantem não só a prevenção, como tratamentos de possíveis doenças, provavelmente no início, como também assegurar a saúde de seus pacientes, se forem transmissíveis, principalmente. Assim como, o contrário também deve ser “cobrado”, ou seja, a importância da Ficha de avaliação (Anamnese) antes de qualquer procedimento, além de direcionar o melhor tratamento para cada cliente, é um documento que o cliente e profissional assinam, estando cientes e o cliente se torna responsável por todas as informações que forem ditas sobre sua saúde durante a avaliação, garantindo ao profissional, caso tenha havido omissão de informações da parte do cliente, o próprio, além de ser responsável por talvez, não obter o resultado esperado em seu tratamento, também será responsável por qualquer transmissão de doença para o profissional  (claro, que se o profissional acaba por seguir rigorosamente os cuidados sanitários durante os procedimentos, isso acaba sendo também evitado). Dessa forma, a Anamnese é um documento importantíssimo tanto para o profissional quanto para o cliente e deve ser levado muito à sério por ambas as partes! 

Por mais que a campanha se destaque no mês de Abril, temos que ter a consciência e responsabilidade conosco e com nossos clientes de que estes cuidados devem ser mantidos o ano inteiro! 

Texto regido por: Dra. Évelin Ribeiro 

Évelin Ribeiro

Évelin Ribeiro

• Esteticista e Fisioterapeuta Responsável Técnica da Fismatek • Especialista em Eletroterapia e Terapia Intensiva • Mestre em Terapia Intensiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.