Você já pensou em associar seus tratamentos estéticos com as malhas modeladoras?

Os padrões de beleza são influenciados, principalmente, pela sociedade e mídia, visto que um dos produtos mais consumidos atualmente é o vestuário. Este por sua vez, é resultado de uma união de funções estéticas, ergonômicas e técnicas (GIONGO, 2010). A moda sempre teve uma enorme influência sobre o corpo feminino, principalmente quando relacionado às vestimentas. O uso do espartilho surgiu no século XVI, sendo obrigatório a utilização até o século XIX (ARAUJO & SCHEMES, 2011).

As principais alterações encontradas no corpo na mulher eram em relação à postura. Cailliet (1975) afirma que a postura é um hábito e quando esse hábito for realizado de maneira incorreta irá gerar uma função cinética viciante e acaba-se por se tornar um problema de saúde físico a ser tratado. É importante ter uma postura adequada para uma vida saudável, mesmo sendo difícil manter essa postura durante o dia-a-dia (ZHA 2010).

Além disso, nas épocas antigas, já havia um tipo de suporte para o busto, que normalmente eram faixas de tecido amarradas ao corpo. Na idade média, essas amarrações eram muito apertadas e os tecidos mais firmes, mas só a partir do século XVI, na Idade Moderna, apareceram os modelos que conhecemos atualmente (ARAUJO & SCHEMES, 2011). A invenção do sutiã proporcionou grande contribuição para a moda feminina nos aspectos estéticos e na função do equilíbrio corporal, tornando-se com o tempo um elemento social e emocional. Na literatura atual, aponta-se que o uso do sutiã muito apertado ou de tamanho e formas inadequadas, pode causar desconforto e problemas de saúde relacionado a sua influência fisiológica no corpo da mulher (KAGIYAMA, 2011). 

Para que as consequências do vestuário inadequado sejam minimizadas, deve ser utilizado a fisioterapia e a estética, principalmente, que são as áreas que utilizam recursos para a correção de disfunções tegumentares e linfáticas com a finalidade de melhorar a qualidade de vida (SILVA, 2014). 

As modeladoras Body Beauty® da Fismatek, vem se destacando no mercado da beleza, por sua modelagem slim, tecido cetinete e colchetes reforçados, que oferecem muito mais conforto, compressão, resistência e garantia vitalícia.

Quais são os diferenciais das modeladoras Body Beauty® ?

  • Contorno anatômico, favorecimento da anatomia topográfica, ou seja, a remodelagem corporal;
  • Costura do lado de externo, proporcionando um fino acabamento extremamente importante para favorecer o conforto e prevenir possíveis irritações, principalmente, quando se trata de um paciente pós-cirúrgico;
  • Possui proteção dos colchetes com o intuito de melhorar a sensibilidade ao toque com a pele;
  • Possui um tecido confortável que se adapta às regiões corporais, auxiliando o retorno circulatório e linfático sem atrito;

Dentre as técnicas que podem ser associadas ao uso da modeladora, destacam-se: 

  • A drenagem linfática manual (DLM), uma técnica que consiste em facilitar o escoamento dos líquidos entre as células de uma área estagnada, no sentido dos vasos linfáticos e linfonodos, melhorando a circulação da linfa e reduzindo edemas;
  • Para o alívio das dores na coluna, por exemplo, pode-se utilizar a massagem relaxante como recurso terapêutico, assistindo o indivíduo de maneira integral, buscando torná-lo consciente do seu corpo, das tensões musculares e melhorando a nutrição dos tecidos pelo aumento da circulação sanguínea;
  • Pós Cirúrgicos Estéticos;
  • Após o tratamento com criofrequência e/ou criolipólise, por exemplo, otimizando a modelagem corporal;
  • Ou até mesmo, em conjunto com alguns tratamentos fisioterápicos para ajuste postural, entre outros.

Quer saber mais? Fale com um de nossos consultores Body Beauty clicando aqui.


escrito por Évelin Ribeiro
• Esteticista e Fisioterapeuta Responsável Técnica da Fismatek
• Especialista em Eletroterapia e Terapia Intensiva
• Mestre em Terapia Intensiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>